O artista de nivel da DICE Pontus Ryman voa em  Battlefield 3  através de um dos quatro novos mapas incluídos na próxima expansão, Aftermath.

Situado em um Teerã pós-terremoto, Epicenter apresenta algumas características muito distintas que vão proporcionar uma experiência de Battlefield muito diferente em dezembro. Ryman escreve no blog Inside DICE, “Para tornar o cenário ainda mais real, eu queria algo único no nível que realmente era específico não só em comparação com os outros mapas do pacote de expansão, mas a todos os outros mapas multiplayer em Battlefield 3 “.

Neste caso, ele está se referindo aos tremores contínuos que ocorrem aleatoriamente durante uma partida em Aftermath. Ele acrescenta: “Os efeitos são mais do que apenas uma fachada. Ele cria um novo elemento de suspense, lá ninguém sabe quando os tremores vão acontecer. E quando acontecem, os jogadores terão de ser capazes se virar para cumprior seu objetivoe ter uma mira firme, ou então se esconda enquanto tudo treme! “

Obviamente, a paisagem de Epicenter já teve melhores dias. No entanto, a transferência de terra cria algumas oportunidades únicas de exploração. “Um cano quebrado no chão torna-se algo que você pode rastejar através, um rachadura na rua torna-se uma trincheira de proteção, e uma pilha de escombros torna-se uma escada improvisada que leva você para o próximo nível dentro de um prédio”, explica Ryman.

Além disso, espera “que haja uma abundância de caminhos adicionais para os jogadores a encontrar. Há uma série de lugares onde os jogadores podem destruir portas específicas para abrir rotas alternativas. Estas rotas podem ser muito úteis ao tentar flanquear os inimigos ou se eles querem evitar o confronto. “

Muita atenção também foi dada para a construção e outras estruturas – certificando-se de que elas parecessem que foram derrubados por um terremoto, não dilacerada pela guerra, como em mapas anteriores de Battlefield 3. Ryman fala sobre o projeto de edifícios em Aftermath: “nós os projetamos tombados para mostrar que algo realmente danificado suas fundações (em vez de lhes ter sido atingido por uma bomba, por exemplo). Isso dá lugar a áreas de interesse, onde a pilha de escombros de um prédio desabou se torna um  novo caminho para a infantaria “

Por fim, Ryman lembra a inspiração para Epicenter: “A idéia por trás Epicentro foi fazer um cenário muito abalado no centro de Teerã, com a sensação de tentar sobreviver no rescaldo do terremoto. O nome do mapa também surgiu da idéia de que este mapa apresenta uma das áreas mais atingidas pelo terremoto na campanha single player. “

Confira o flythrough do mapa Epicenter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Franquia Call of Duty bate recorde e alcança US$ 3 bilhões em vendas no ano

Com lineup formado por COD Mobile, Warzone e Black Ops Cold War garantiu mais de 200 milhõ…