O Surface foi, até agora, a maior surpresa do ano em tecnologia. A Microsoft nos atiçou com um tablet que fazia o iPad parecer velho. Seu teclado encaixável fez todos os laptops parecerem imediatamente antiquados. E ela prometia o Futuro dos Computadores.

Nós não ficávamos ansiosos por algo assim há muito, muito tempo. Agora ele está aqui. E faz tempo que um gadget não me desapontava assim. O Surface é bom, mas o Surface com Windows RT com certeza não é o futuro. Pelo menos, ainda não.

Vídeo

Devo comprá-lo?

Ainda não. O Surface, com uma Touch Cover obrigatória, custa US$600. Isso é muito dinheiro. Especialmente tendo em conta que ele não substitui seu laptop, não importa a sua aparência nem o que a Microsoft diz. É um tablet: pior, com o preço de um iPad e inferior em vários aspectos (porém não todos).

Isso pode mudar. Talvez haja uma nova Touch Cover que mantenha as qualidades físicas fantásticas do original, enquanto permite uma boa digitação. Talvez o Surface com Windows 8 Pro faça toda a diferença, feito para o mar aberto de software para PC (por várias centenas de dólares a mais).

Talvez a loja de aplicativos esteja bem diferente daqui a um mês, ou um ano, e tenha vantagens em relação à concorrência. Talvez. Mas lembre-se que o Windows Phone – cujo Marketplace cresceu muito rápido, chegando a mais de 120.000 aplicativos – ainda é um terreno baldio em comparação com iOS e Android. O precedente não é ótimo; talvez o Windows RT seja diferente. Talvez.

Mas tantas dúvidas não valem o seu dinheiro. Por mais que parecesse, inclusive em minhas mãos, o futuro ainda não chegou.

Fonte: http://www.gizmodo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Battlefield Hazard Zone está sendo descontinuado e não receberá mais novos conteúdos

A DICE confirmou hoje que está encerrando o desenvolvimento futuro do modo Hazard Zone do …