O YouTube estuda começar a cobrar assinatura para oferecer conteúdo exclusivo de alguns canais, afirmou Salar Kamangar, diretor do serviço de vídeos.

A ideia é que emissoras com pequena audiência consigam colocar conteúdo na plataforma e cobrem uma pequena taxa de usuários interessados em assistir os programas, segundo o Mashable. Isso incentivaria a criação de vídeos exclusivos para o YouTube por pequenos canais com público restrito.

Por enquanto, a ideia ainda está sendo estudada, e não há nada concreto. “Não temos nada para anunciar agora. É algo que é realmente importante para muitos dos criadores de conteúdo, então estamos estudando seriamente o assunto”, disse Kamangar.

Não é de hoje que o YouTube tenta incentivar a criação de conteúdo exclusivo para ser veiculado pela plataforma. No ano passado, o Google investiu US$ 100 milhões para a criação de canais de vídeos originais com apoio de celebridades como Madonna e Ashton Kutcher.

A diferença para o modelo que está sendo estudado agora é que esses canais eram gratuitos, enquanto o projeto atual pode cobrar assinatura dos usuários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Tencent está interessada em adquirir a Ubisoft, diz agência Nielsen

“A Tencent comprará a Ubisoft em 2020, a empresa já possui uma participação da edito…