Disponível para todas as plataformas a 4 de junho.

EA anunciou que o Battlefield 3 uma atualização gigante que estará disponível para Battlefield 3 em todas as plataformas a 4 de junho.

Como todas as outras atualizações até à data, as alterações/correção de erros foram feitas com base no feedback dado pela comunidade e visam um melhor desempenho e equilíbrio para todas as três plataformas (PC, XBOX360 e PS3).

As mudanças mais notáveis são:
  • Reduzido o efeito de supressão.
  • Efeito “Colorblind” nos consoles.
  • Consertado o problema da M26.
  • O Símbolo “§’ foi colocado para determinar servidores com configurações modificas nos consoles.
  • Melhorado o manuseio do F-35 ficando parecido ao SU-35.
  • Não acontecerá mais Team Kills (Matar jogador mesma equipe) acidentalmente!

Imagem abaixo.

Além desses, muitos bugs, correções e novas mudanças foram feitas no jogo, você pode ver a lista completa aqui(inglês).
É bom ver que a DICE/EA não estão somente preocupadas em lançar novas expansões para o jogo, mas também tentando melhorar a jogabilidade e consertar os erros no jogo.

Fonte: http://www.eurogamer.pt e http://blogs.battlefield.com

3 Comentários

  1. COBRA~PPOHLMANN

    2 de junho de 2012 em 08:02

    Nao vai mais ter TK acidental? Que viagem é essa? Eu atiro numa pessoa e ela nao morre? Nao sei se isso vai ficar massa…

    Resposta

    • COBRA_KAMPAS

      2 de junho de 2012 em 10:33

      essa atualização tá para vc pullman… toda hora vc jogava uma granada no aliado que estava desarmando a bomba…

      Resposta

      • COBRA~WOODLIE

        4 de junho de 2012 em 12:53

        ahahahaha se deu poham… mas acho que é bacana existir o TK… fica mais “realista” kkkk

        Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Entregador da Amazon rouba um PlayStation 5 e é demitido pela empresa

Esse curioso caso aconteceu no Reino Unido A Amazon despediu um funcionário que …