Tem perfil no Orkut? Tem perfil no Google+ também? Agora dá para unir os dois. O Google começou a liberar, hoje, uma ferramenta que integra os perfis das duas redes sociais. Em pontos conflitantes o Google+ prevalece e embora o discurso da empresa seja o de convivência harmônica dos dois sites, parece que é o começo do fim para o Orkut.

No momento a ferramenta, opcional, alcança apenas 1% dos usuários do Orkut — ela só é oferecida lá. Quem optar pela unificação dos perfis terá campos que se repetem nos dois mesclados, com as informações do Google+ prevalecendo. Isso significa que se você usa um apelido no Orkut e seu nome real no Google+, ao fazer a unificação o apelido no Orkut será trocado pelo seu nome.

Além de padronizar os perfis, com a unificação torna-se possível publicar em ambas as redes a partir do Google+. Para tanto, basta publicar conteúdo público no Google+; por achar que as amizades são diferentes e evitar confusões com privacidade, conteúdo restrito a círculos continuam exclusivos do Google+.

Outra diferença é que nos perfis unificados do Orkut, um link para o perfil da mesma pessoa no Google+ poderá ser oferecido. Isso facilita que amigos no Orkut se encontrem no Google+, mas é, também, algo opcional — e a sua chance de se livrar dos amigos malas do ensino médio que acrescentou no Orkut quando isso era legal.

Em entrevista ao site G1, Felix Ximenes, diretor de comunicação e assuntos públicos do Google, desconversou quando perguntado sobre um possível fim do Orkut:

“Não é o fim do Orkut. Isso não quer dizer que estamos migrando todo mundo nem importando os dados. É apenas uma oferta para que os usuários optem por um perfil só e não tenham uma multiplicidade de presença em uma mesma empresa.”

Com menos força e usuários do que tinha há um ano, quando ainda era líder no Brasil (posição hoje ocupada pelo Facebook), pouco a pouco o Orkut cai no ostracismo. O meu perfil lá já está no cemitério de perfis do Google, e o seu?

Fonte: Orkut e G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

LG está considerando sair do ramo de smartphones em 2021

Depois de anos com prejuízos, CEO fala sobre possibilidade de parar a fabricação Novos rel…