O uso do Kinect em salas de cirurgia não é novo. Ele já foi implementado nos EUA, Canadá e Reino Unido com sucesso e já ajuda cirurgiões a executar operações com maior agilidade de rapidez, já que o aparelho permite que exames e chapas de raio x sejam vistas sem precisar ser manipuladas. Um hospital brasileiro trouxe essa tecnologia para o país, mais especificamente para salas cirúrgicas na cidade de Londrina, no Paraná.

O vídeo acima mostra como os médicos usam o software chamado Intera, que foi criado pelo Hospital Evangélico de Londrina, é responsável por digitalizar e mostrar na tela as chapas de raio x, permitindo sua manipulação por meio de movimentos específicos. Além da vantagem de não precisar tocar nas chapas para ver os detalhes do paciente (evitando assim ter que passar por um novo processo de esterilização), o nível de detalhe aumenta quando a chapa é digitalizada.


O software criado pleo hospital, que por sinal já teve sua patente requerida, roda em um computador com Windows 7 e permite que o médico interaja com o Kinect a até 4 metros de distância. Ele está em teste desde janeiro e até o final desse semestre vai estar presente em 12 salas de cirurgia.

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

YouTube lança plataforma de vídeos curtos para competir com TikTok

Em fase de testes, YouTube Shorts está disponível somente para usuários de Android na Índi…