6 de abril de 2012|18h04|Por João Coscelli

Eletronic Arts – também conhecida como EA – foi escolhida pelos consumidores como a pior empresa dos Estados Unidos. Não, não só no ramo dos games. A pior mesmo. Venceu até o Bank of America na final do “Cocô de Ouro”, que, digamos, é o “prêmio” para a companhia mais odiada pelos americanos. A votação ocorre no blog The Consumerist.

Mas a EA? Sim, a EA. Aquela que tem os direitos de produção dos jogos da maioria das ligas esportivos americanas e internacionais, como Fifa, NHL, NFL – aqueles em que você ouve “EA Sports. It’s in the game!” quando inicia o game – e também a responsável porThe Sims, Mass Effect, Need For Speed. Uma baita companhia, que venceu outros gigantes como AT&T, Sony e Best Buy para chegar ao topo (ou fundo).

Os motivos que levaram os consumidores a eleger a EA não foram revelados, já que apenas os votos, e não possíveis queixas, foram registrados. Mas o The Consumerist destacou algumas possíveis razões.
A primeira: a empresa tem engolido concorrentes menores para se apropriar de seus trabalhos ou para removê-las do mercado.
A segunda: os contratos de exclusividade com, por exemplo, as ligas americanas faz com que não haja outras produtoras para oferecer jogos da Fifa, da NFL, etc, a preços mais baixos – há o monopólio.
A terceira: a companhia tem forçado o uso de “microtransações”, ou seja, libera uma versão básica do jogo e depois cobra por conteúdo exclusivo a parte, lançado a conta-gotas – os polêmicos DLC (downloadable content).

A notícia, porém, não parece ter abalado a EA. Eis a resposta de John Reseburg, diretor de comunicações da empresa, ao GameSpotsobre o prêmio. “Temos certeza de que presidentes de bancos e companhias de petróleo, tabaco e armas estão aliviados de não estar na lista neste ano. Vamos continuar a produzir jogos e serviços merecedores de prêmios e jogados por mais de 300 milhões de pessoas em todo o mundo”.

fonte: http://blogs.estadao.com.br/modo-arcade/2012/04/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Battlefield 6 realmente terá desastres naturais que destroem os mapas?

Enquanto aguardamos ansiosamente por informações oficias do Battlefield 6, mais um forte r…