Confira a crítica feita por Jeff. do blog 4NERD

Fique tranquilo, eu também odeio spoilers, prometo não contar nada pra você que ainda pretende assistir, ok? Temos um acordo? Pois bem… vamos ao que interessa.

É um tanto que perigoso você unir tantos “personagens principais” em um único filme, geralmente há aquela coisa de deixar passar alguns pontos crucias da formação de sua determinada personalidade, garanto que em Avengers isso não acontece (não de uma forma tão gritante, explico depois). Ainda não existem adjetivos suficientes para descrever o quão mágico é você ver os seus heróis favoritos contracenando, todos no mesmo quadro, trocando diálogos e tapas. A Marvel mostrou o que até então era impossível, juntar diversos personagens (característica marcante nas HQs)¹ (que você já conhece)² (veja nosso post falando sobre as conexões entre os filmes de cada um dos Vingadores)³ de forma que ninguém ficasse prejudicado.

Joss Whedon foi mestre na arte da direção (e roteiro, mas foco na direção), ele conseguiu explorar cada cabeça envolvida, cada um na sua área. Senti que Loki estava até mais a vontade em Avengers do que em Thor, consegui ver todo o potencial de Tom Hiddleston atuando o ‘vilão da vez’.


Preciso falar alguma coisa sobre Tony Stark? Preciso? Cada vez mais f0d4. Já deixei isso bem claro em outros posts que ele é meu personagem favorito da casa, aquela mesma dose de humor sarcástico que encontramos em Iron Man e Iron Man 2 vemos de maneira maestral na atuação de Robert Downey Jr. em Avengers, é muito bacana você ver as piadinhas direcionadas principalmente ao Hulk e ao Capitão América, é inegável que ele (Iron Man) é a cola da iniciativa e com o final do filme, percebemos que Antonio Stark é bem mais do que um homem de ferro (confesso que meus olhos encheram de lágrimas).

OBS: A única que escapa das piadinhas do Stark é a Viúva Negra. (Isso é um spoiler?)

O cara da vez é o Hulk, não tenho medo de dizer que essa foi a melhor versão dele pra cinema, Mark Ruffalome deixou muito surpreso, pensava que iria flopar, já fui ao cinema com pouca expectativa para tal, mas quando eu vi os primeiros diálogos, sua voz leviana, seu olhar pacífico, eu disse: – É esse o cara! Bruce Banner é muito legal e tal, mas agora vamos falar da coisa verde lá, The Hulk fisicamente falando ele estava ótimo (em forma), uma coisa que não vemos nos outros filmes dele e que encontramos em Os Vingadores é a fisionomia deBanner, dá pra ver que é ele, só que maior e verde, dá pra sentir o Hulk só pelo rosto dele, dá pra saber que ele está compreendendo. Outro ponto forte são as cenas cômicas que envolve o dito cujo. Thor curtiu isso.

Quando eu disse mais cedo sobre o fato de que todos os personagens foram bastante equilibrados, de fato foram, mas senti que faltou um pouco da melancolia, do “peso da consciência” por parte da Viúva Negra, ela foi muito boa (em todos os sentidos), minha noivaScarlett Johanssonfez um ótimo trabalho, mas senti que ela estava lidando muito bem com o “saldo vermelho” dela. Sei lá… ela é russa! :$
Gavião Arqueiro também atendeu as minhas expectativas (quase nulas, mas atendeu). Sem mais sobre ele.

Vamos falar de coisa boa? Vamos falar do shampoo que Thor usa no filme. Gostei mais de Thor em Thor do que ele em Vingadores, não vou mentir. Acho que faltou um pouco do seu lado :) , acho que foi devido as circunstâncias, além do vilão ser seu irmão, Iron Man rouba a cena nesse quesito.

A atuação de Cobie Smulders (a Robin de How I Met Your Mother) foi outra característica bastante interessante, provando que ela consegue muito bem fazer um papel mais trabalhado, sendo o braço direito de Nick FuryMaria Hill. Falando emNick Fury, já estava mega empolgado quando descobri que quem iria fazê-lo seria ninguém mais, ninguém menos que Samuel L. Jackson, apenas bato palmas de pé pra ele, pois foi awesome.

Tinha partes no filme que me sentia em Transformers, sério. Sonoplastia e explosões dignas de Michael Bay(por sinal, ele deve aprender como unir explosões e  trama da mesma forma que vemos em Os Vingadores). O roteiro do filme é bastante simples, o que ajuda na hora de expor os personagens (como já disse lá no início), efeitos cativantes e o 3D desnecessário. Avengers é o típico filme que você pode assistir normal sem perder muita coisa.

Os Vingadores foi exatamente o que eu esperava, muito bem amarrado, com efeitos de tirar o fôlego, diálogos interessantes e personagens de peso, tudo que um filme desse estilo precisa ter, sem dúvida ele entrou para a história da Marvel, muito bem executado. Produção digna de aplausos de pé dando um mortal pra trás. Foi um orgasmo nerd. VOCÊ PRECISA ASSISTIR O FILME AGORA, CORRA! VÁ AO CINEMA MAIS PRÓXIMO DE VOCÊ!

Vamos aguardar agora o 2! LALALALA (8)

Não fiquei de forma alguma desapontado com o filme, valeu a pena a espera. Sem mais… por ora! Fui.

Fonte: http://4nerd.com.br/critica-vingadores-um-filme-incrivel/

3 Comentários

  1. Fernando César Felice

    30 de abril de 2012 em 13:54

    to loko pra assisti esse filme

    Resposta

  2. COBRA~KABANNA líder

    30 de abril de 2012 em 18:59

    A Marvel fez grandes filmes e verdadeiras BOSTAS, HULK, Cap. America sao uns deles, bem mais agora acho que eles iram se redimir… ou não!!!

    Resposta

  3. Kelly

    2 de maio de 2012 em 22:36

    Bem, na minha opinião, a Marvel foi muito além da redenção!!! O Hulk foi a maior surpresa do filme, Stark, impagável como sempre, Thor (um pouco apagadinho nesse filme) e Gavião (desenecessário no filme), Viúva negra, arrebentou!!! Resumo, dei ótimas risadas!!!! Recomendadíssimo!!!@

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

YouTube lança plataforma de vídeos curtos para competir com TikTok

Em fase de testes, YouTube Shorts está disponível somente para usuários de Android na Índi…