Ontem você leu aqui que procon vai tirar do ar Submarino e Americanas.

A B2W, grupo que controla os sites Americanas.com, Submarino e Shoptime, conseguiu uma liminar na Justiça de São Paulo que impede o Procon-SP de tirar os três sites do ar.

Nesta quarta-feira (14), a Fundação Procon anunciou que suspenderia os três sites de e-commerce por 72 horas. A medida seria uma punição para a B2W, acusada pelo órgão de defesa do consumidor de oferecer mau atendimento a seus clientes e não cumprir metas de qualidade.

A B2W, no entanto, recorreu à Justiça para manter seus sites no ar e conseguiu uma liminar emitida pelo juiz Evandro Carlos de Oliveira, da 7ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo, na noite desta quarta-feira. A decisão também desobriga a B2W de pagar a multa de R$ 1,7 milhão imposta pelo Procon à companhia de e-commerce.

A decisão de Evandro Carlos tem caráter temporário e o pedido do Procon ainda será analisado por outra instância do poder judiciário. Neste momento, no entanto, o Procon está impedido de punir os sites Americanas.com, Submarino e Shoptime.

Em nota divulgada à imprensa, o advogado da B2W, Sergio Bermudes, elogiou a liminar da 7ª Vara. Segundo Bermudes, a punição pedida pelo Procon (multa e suspensão dos sites) é desproporcional às queixas que existem contra os sites de e-commerce.

Segundo Bermudes, apenas 1% do total das vendas dos sites da B2W apresentam reclamações dos consumidores, como atraso na data de entrega do produto ou entrega de produto com defeito. Em seu pedido de liminar, a B2W afirmou que a punição do Procon violaria a garantia constitucional do direito ao livre comércio.

Outro lado – Segundo o Procon, a determinação da suspensão foi motivada pelo ao alto índice de reclamações dos consumidores entre os anos de 2010 e 2011.

Em nota, a Fundação Procon afirma que entrou em contato com as lojas da B2W várias vezes, sem obter uma correção na conduta da empresa.  A Fundação classificou o comportamento da B2W como “desrespeitoso” em relação aos direitos do consumidor.

De acordo com o órgão de defesa do consumidor, apenas em 2010 foram registrados 2.224 queixas de problemas com os sites da B2W. Em 2011 esse número aumentou 180% com o registro de 6.233 atendimentos.

O Procon defenderá seu direito de punir a B2W. O mérito da questão ainda será analisado pela Justiça.

3 Comentários

  1. James Soares

    15 de março de 2012 em 16:10

    Já comprei dos 3 sites acima mencionados e recomendo a todos, produto com qualidade, entrega antes do esperado e em ótimas condições. Qualquer site de e-commerce tem problemas, ainda mais quando se tem alta número de vendas diárias como esses acima. o HOMEM foi crucificado e não agradou a todos, quem irá agradar? 

    Resposta

    • COBRA~KABANNA líder

      15 de março de 2012 em 17:42

      Realmente todas as empresas tem problemas e já comprei em 2 delas uns recebi normal e outras não, mais quanto mais se venda +se lucra também. Não e de hoje que B2W vem lucrando fazendo a unificação de 3 grandes sites de vendas juntando com Submarino, só que eles são muito ruins na evolucao 
      Proporcional do atendimento e assistência têcnica (quando se precisa trocar)
      Infelizmente no Brasil nos acostumamos a aceitar assim passivamente….

      Resposta

  2. COBRA~KABANNA líder

    15 de março de 2012 em 17:31

    Um dia depois a nossa JUSTIÇA FDP suspende a punição e mantem essas empresas que nos desrespeita vendendo produtos sem ter no estoque, informando que a entrega será de 20dias e você acaba recebendo em 30, eu comprei na Americanas.com um TV 50′ e veio danificada, a troca so ocorreu depois de MUITO STRESS e 40dias de espera….

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…