Um grupo de hackers anunciou no final do mês passado que pretendem lançar no espaço satélites orbitais com um objetivo específico. A ambição deles não é explorar corpos celestes ou coletar dados sobre os planetas: os satélites vão servir para criar uma nova internet, privada, e que (ao menos em teoria) estaria livre das regras, leis e censura em geral que regem atualmente a web pública. Ela seria chamada Hackerspace Global Grid.

Atualmente existem ao menos duas “internets”. A nossa, do povão, que você provavelmente está usando nesse momento para ler o TB, e outra que interliga instituições de ensino espalhadas ao redor do mundo, chamada NREN, ou National Research and Education Network – que aqui no Brasil é representada pela RNP. A proposta da Hackerspace Global Grid é ser algo parecido com as NREN, usada para divulgar conhecimento mas com o acesso menos restrito.

A ideia foi apresentada pelo seu idealizador, o britânico Armin Bauer, durante o 23º CCC, o mesmo evento de onde saíram as nada preocupantes notícias sobre vulnerabilidades em redes GSM e o problema do HashDos, então você pode ter certeza de que eles não estão para brincadeira.

O projeto ainda está engatinhando: não só eles precisam descobrir uma maneira eficiente e barata de lançar os satélites em órbita como também precisam criar ou alugar instalações de controle na superfície para não perder a localização dos satélites. Uma agência espacial alemã já trabalha com o grupo para custear parte do lançamento, mas eles ainda precisam de algum apoio para tirar a ideia do papel.

Visite a página oficial do projeto para saber mais detalhes.

Fonte: PCWorld.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Sony decide fechar fábrica em Manaus e parar de vender TVs e câmeras no país

Assista vídeo da CNN https://www.cnnbrasil.com.br/business/2020/09/15/sony-decide-fechar-f…