Conforme as gerações vão avançando a pirataria nas consolas da Sony tem vindo a decrescer, embora atualmente continue ainda a ser um flagelo para companhia e para a indústria em geral.

Atindriya Bose, responsável pela Sony India, admitiu que na geração atual conseguiram estancar o problema, mas que isso continua a afetar a marca PlayStation.

“Afetou-nos até determinada altura, mas não é tão prejudicial como foi na PlayStation 2. Temos feito pesquisas sobre o assunto. Muitas pessoas estão conscientes das capacidades da pirataria, mas também estão conscientes de que elas acabariam por perder se fossem por esse caminho. Perdes o online, a experiência de estar conectado, e também as vantagens dos novos firmwares,” disse Bose à revista Indianvideogamer.

“Existe um segmento de jogadores que tomaram o caminho da pirataria, e embora não haja um impacto significativo na venda dos jogos PS3, sei que houve uma diminuição na taxa de crescimento,” concluiu.

http://www.eurogamer.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Após terem consoles banidos, jogadores tentam revender seus PS5 em sites de anúncio

Mas ninguém quer comprar. Já pensou: Você paga cinco mil reais em um novo console, descobr…