Na última semana, “Team Fortress 2” fez a alegria de diversos jogadores ao se tornar um jogo gratuito com suporte ao sistema de microtransações. Entretanto, alguns veteranos não gostaram muito da ideia e passaram a boicotar o acesso dos que começaram a jogar utilizando a versão gratuita do game.

De acordo com o site Botchweed.com, uma modificação criada por um usuário permite que o jogador que está hospedando a partida expulse automaticamente alguém que esteja rodando a versão gratuita em sua máquina. Uma forma de burlar esse sistema é comprar um item qualquer na loja virtual da Valve.

Apesar do acesso livre aos servidores da Valve – e alguns outros -, os afetados pela medida pediram para que a produtora expulsasse o inventor do programa da comunidade.

Brincadeira para adultos

“Team Fortress 2” é um jogo de tiro em primeira pessoa exclusivamente multiplayer, no qual cada jogador deve escolher um entre nove personagens diferentes (divididos nas categorias ofensiva, defensiva e de suporte), cada qual com suas próprias características e habilidades.

Sua fórmula não segue o que é visto nas tradicionais partidas “deathmatch”, em que ganha aquele que cometer o maior número de mortes, pois o trabalho em conjunto é essencial: cada jogador fará parte da equipe azul ou vermelha, que tende a conter o mesmo número de participantes para que as partidas fiquem equilibradas. Se uma equipe tiver mais jogadores do que a outra, eles serão automaticamente redistribuídos na rodada seguinte.

FONTE: http://jogos.uol.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…