A luta pela coroa dos FPS (First-Person Shooters) está mais acesa do que nunca e agora Alan Hirshberg, CEO da Activision Publishing, respondeu aos comentários da Electronic Arts sobre os méritos de Battlefield 3 e Modern Warfare 3, dizendo que as palavras dos membros da EA podem estar ajudando Modern Warfare 3.

Hirshberg acredita que ao falarem tanto no rival, Modern Warfare 3, a EA está ajudando o jogo a ganhar maior visibilidade e, “Não nos preocupámos muito em olhar para o que os rivais estão fazendo. Sei que estão focados em nós…bem, é tudo o que digo.”

Em Abril, o CEO da EA, John Riccitiello, disse que o confronto entre Modern Warfare 3 e Battlefield 3 seria um “confronto de titãs” mas que Battlefield 3 “está concebido para derrubar esse jogo”.

“Bem, se calhar a EA fala mais sobre os nossos jogos à imprensa do que nós. Portanto, a primeira coisa que lhes digo é ‘Obrigado pela assistência no aumento da visibilidade.’

O homem da Activision sabe que o género é o mais popular e competitivo e todos os anos tem tido grandes opositores. Desde Halo: Reach a Medal of Honor, a competição é forte e este ano Hirshberg reconhece que até mesmo Gears of War é um forte concorrente.

Hirshberg prefere focar-se no seu jogo e no cumprir dos objectivos ao invés da concorrência. Criarem o melhor jogo que lhes é possível e esperar que isso consiga manter a posição de liderança da qual desfrutam actualmente.

http://www.eurogamer.pt

Um comentário

  1. [COBRA] KAMPAS

    2 de junho de 2011 em 11:59

    Vai falar o que do mw3? daquele vídeo ridiculo? do imposto elite?

    a EA tem que cair de dar risada mesmo e se esforçar em fazer um grande jogo!!!

    Kampas

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

Activision revela que base ativa de Call of Duty cai para menos de 100 milhões de jogadores

A base de usuários ativos mensais (MAUs) da Activision para Call of Duty caíram para menos…