Segundo matéria divulgada pela revista EDGEnesta quinta-feira (12), diversas redes de varejo no Reino Unido registraram um crescimento de até 200% nas trocas de PlayStation 3 em suas lojas devido a queda da PlayStation Network.

Entenda o caso da PSN:
– Prazo máximo para reativação da PSN é adiado para 31 de maio
– Sony oferece seguro de R$ 1,62 mi por usuário da rede PSN
– Queda da PSN foi causada por ataque hacker, diz Sony
– Sony admite que invasor da PSN conseguiu dados pessoais dos usuários
– Cerca de 450 mil contas brasileiras da PSN tiveram seus dados furtados
– Sony Online desliga seus servidores devido ao ataque à PSN

 

Uma das fontes ouvidas pela revista explica que durante a primeira semana, não houve mudanças em suas vendas ou trocas, porém, a partir da segu

 

nda semana que a PSN estava fora do ar, o crescimento atingiu 200%, dividido entre metade dos usuários preferindo o retorno em dinheiro ou trocando por um Xbox 360.

Boa parte destes consumidores, de acordo com as fontes, são jogadores de shooters online como Call Of Duty Black OpsModern Warfare 2, que também sofreram um aumento nas trocas para as versões de Xbox 360.

Mas não são somente as trocas que tiveram crescimento, a matéria da Edge diz também que pré-venda de jogos foi influenciada pela queda da PSN, onde muitos usuários estão contatando as lojas para trocar por uma versão de Xbox 360 ou simplesmente para o cancelamento da compra. Um exemplo apontado é o de Brink, que seguiu tal padrão. A venda de cartões da PSN também foi afetada, com uma queda considerável desde que a rede online ficou fora do ar.

Outro fato importante apontado pelas fontes é a baixa taxa de satisfação do consumidor, devido ao fato que diversas pessoas têm ligado para as lojas com dúvidas em relação ao vazamento de dados pessoais, anunciado pela Sony no início de maio, pois as mesmas estão ten

do dificuldades em obter uma resposta da empresa.

A PlayStation Network foi retirada do ar em 19 de abril graças a um ataque hacker, que acabou por vazar dados pessoais como endereço e data de nascimento e possivelmente dados de cartões de crédito. De acordo com a Sony, até o final de maio a rede deve ser religada e os usuários prejudicados pelo acontecimento ganharão alguma forma de recompensa e 30 dias gratuitos da PSN+.

Para a América Latina, a empresa lançou um comunicado nesta semana no qual afirma estar estudando quais benefícios estarão disponíveis para região e que mais detalhes serão divulgados em breve.

 

Fonte: Arena Turbo

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

WhatsApp quer permitir que empresas façam vendas direto no aplicativo mais será pago

O produto vai permitir a integração entre WhatsApp, Instagram e Facebook e o gerenciamento…