Em meio a febre dos games de combate moderno, o tablóide americano “The New York Times” apresentou, em seu conteúdo online, um vídeo gravado por um soldado em serviço no Afeganistão através de uma câmera em seu capacete.

O vídeo é datado de 8 de dezembro de 2010, descrito (provavelmente pelo protagonista) como o dia mais duro do que eu já tive no meu trabalho. O jornal descreve o vídeo como  “parecidos com o que vemos em jogos de tiro em primeira pessoa, embora mais viscerais, mais caóticos e repletos de trilhas sonoras reais de explosões, tiros e palavrões”, se referindo aos vídeos gravados por soldado e postados no youtube.

Os games baseados em combates modernos recebem sempre o apoio de veteranos em combate que   relatam experiências e prestam consultoria no desenvolvimento dos jogos, o vídeo nos dá um idéia de como os combates vistos nos jogos realmente ocorrem:

Muito parecido com Call of Duty, Medal of  Honor e Battlefield, a unica diferença é que você só tem uma vida.

http://www.nytimes.com

2 Comentários

  1. [COBRA] KAMPAS

    27 de maio de 2011 em 18:18

    esses talibans atira que nem vc, kabanna….

    Resposta

  2. [COBRA] G3

    27 de maio de 2011 em 22:33

    Ah mano, o cara usou GL so podia ser “gringo” mesmo.

    ***gringo=amigos do PEPO

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Donald Trump assina decreto para limitar proteção a redes sociais

Trump acusou o Twitter de tomar ‘decisões editoriais’ e de ser ‘politica…