Um presídio em Heilongjiang, no norte da China, obriga seus detentos a passar 12 horas por dia jogando o game online World of Warcraft. É o que alega um ex-guarda da cadeia, que explica o esquema.

Os prisioneiros jogavam para ganhar créditos (como novos personagens e poderes) que posteriormente eram revendidos na internet, e rendiam até R$ 900 diários aos administradores da cadeia. O valor é alto, mas plausível: a prática de revender créditos obtidos em games, que se chama “gold farming“, movimenta mais de US$ 1,2 bilhão no país.

http://www.guardian.co.uk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Entregador da Amazon rouba um PlayStation 5 e é demitido pela empresa

Esse curioso caso aconteceu no Reino Unido A Amazon despediu um funcionário que …