Na tarde deste último domingo (10) dois vídeos pegaram os fãs de “Mortal Kombat” no mundo todo de surpresa: um jogador brasileiro mostrava trechos do novo game, agendado para sair apenas dia 19 de abril nos EUA e 28 do mesmo mês no Brasil.

Em poucas horas, os vídeos apareceram em diversos sites e viraram tema de inúmeros comentários no Twitter, muitos se perguntando como o rapaz, chamado Kaleb Kettle, teria adquirido assim tão antecipadamente um dos jogos mais aguardados de 2011.

Não demorou para que até Hector Sanchez, produtor do game, se manifestasse pelo Twitter: “Eu trabalhei muito para ter certeza de que tratamos (o) Brasil com respeito. Eu não posso acreditar que isso aconteceu. Estou decepcionado”.

Por conta de toda a confusão causada, Kaleb chegou a mudar a descrição de um dos vídeos antes de apagar sua conta no YouTube, explicando como conseguiu o disco: “O jogo não vazou, moro perto da fábrica da Sony no Brasil… peguei uma cópia lá, nada além disso”. Provavelmente, Kaleb se refere à Sony DADC, braço da Sony especializado na fabricação e reprodução de CDs e DVDs, que desde abril de 2009 é parceira na produção e distribuição de discos da Warner no Brasil.

Além de apagar o canal no YouTube, Kaleb tirou do ar outros perfis virtuais, inclusive um no qual havia postado a foto , exibindo o disco de “Mortal Kombat” para PS3, inclusive com o selo de Classificação Indicativa (18 anos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…