Compre aqui no EXTRA R$ 589,00 e frete grátis

Apostando no que poderíamos classificar como “smartphone de entrada”, a Sony Ericsson traz um novo integrante da família Xperia, o X8. Com tela de 3 polegadas, ele pode ser considerado o intermediário entre o X10 e X10 mini Pro. Mesmo com pouca memória RAM, o que gera lentidão em certos momentos, o desempenho nos testes do INFOlab não nos desapontou. Pelo preço de 649 reais (desbloqueado e sem subsídios) o X8 é uma ótima opção na relação custo/benefício, pois traz uma versão personalizada do Android 2.1 (Eclair), Wi-Fi, Bluetooth e GPS.

Pesando 107 gramas, o Xperia X8 é um smartphone confortável de segurar. Seu peso não incomoda e sua construção parece bem rígida. Feito em plástico, o X8 é vendido em duas cores: cinza e branco e rosa. A tela de 3 polegadas e 320 por 480 pixels responde bem aos toques, mas sua sensibilidade é comprometida em suas bordas, o que pode causar certo desconforto. Mesmo não sendo das melhores, a resolução encara a maioria das tarefas sem deixar o usuário descontente. Nos testes do INFOlab a execução de vídeos e navegação na web foi bastante confortável. O player é compatível com os formatos MP4, H.263, H.264, WMV, MP3, eAAC+, WMA e WAV.

A versão 2.1 do Android pode parecer obsoleta se levarmos em conta o Gingerbread, versão 2.3 (e atual) do sistema do Google. Mas, em um mercado inundado por smartphones em versões mais obsoletas (1.5 e 1.6), ela ainda tem seu charme. A maioria das aplicações lançadas recentemente é compatível com as versões 2.1 e superiores, o que dá aos usuários do X8 um grande leque de possibilidades. A atualização para novas versões depende do fabricante e, ao que parece, a Sony Ericsson não tem interesse em evoluir o sistema do X8, nem mesmo lhe dar o movimento de “pinça” para ampliar ou reduzir o zoom. A ausência desse recurso, por mais que pareça um mero detalhe, torna o aparelho muito menos prático.

Outra característica peculiar do X8 é seu layout proprietário. Para os desavisados fica difícil de reconhecer o sistema Android. As tradicionais áreas de trabalho são substituídas por um sistema que só aceita um único widget, como acontece nos modelos X10 mini e X10 mini Pro. Não há, no entanto, um limite para o número de áreas de trabalho que podem ser criadas. A ausência de atalhos, que pode chatear alguns usuários, principalmente os já familiarizados com o Android, é amenizada com 4 atalhos fixos nas bordas da tela. É possível colocar qualquer aplicativo instalado no aparelho em uma das posições, ou mesmo deixá-las vazias.

O processador ARM 11 de 600 MHz não parece grande coisa, mas encara todas as tarefas do aparelho sem grandes problemas. O smartphone não travou durante os testes do INFOlab, mas uma lentidão foi sentida em certos momentos. Um ponto que colabora para a lentidão com uso extremo é a memória RAM de 168 MB. Para lidar com a grande oferta de aplicativos o X8 acompanha um cartão microSD de 2 GB. Para remover o cartão é necessário remover a tampa traseira e a bateria.

Recursos

Um dos aplicativos pré-instalados no X8 é o TimeScape, uma espécie de linha do tempo que reúne as últimas mensagens de Twitter, Facebook, Orkut e ainda mensagens de texto e chamadas não atendidas. O usuário pode configurar o aplicativo para receber somente as mensagens que desejar, escolhendo as redes e o tempo de atualização. O TimeScape pode ser inserido como um widget na área de trabalho, o que torna sua visualização bastante prática. Para usuários com um volume muito grande de mensagens ele pode não ser o mais indicado, já que o grande número de informações pode causar lentidão no aparelho.

O smartphone também traz os aplicativos Observações (app de anotações no estilo “post-it”), Backups, Geotags (geolocalização de fotos), RoadSync (sincronia com o Exchange), TrackID (reconhecimento de músicas a partir da gravação do som ambiente) e PlayNow (loja de aplicativos e games da Sony Ericsson).

A câmera do X8 não é grande coisa, mas faz fotos em 3,15 megapixels (2048 por 1536 pixels) e vídeos em 640 por 480 pixels a 30 quadros por segundo. Para não desapontar, ela traz os modos automático, praia ou neve, noturno e esportes.

Em sua função básica, que é a de fazer chamadas, o X8 vai muito bem. O volume, tanto em ligações como no viva-voz tem um nível agradável. O teclado QWERTY tem um bom tamanho para as teclas, o que facilita a digitação. Escrever uma mensagem SMS é uma tarefa simples. Para elaborar algo mais longo, como um e-mail ou um post, a falta de um teclado físico pode trazer certo sofrimento.

Duração da bateria em ligação (em minutos)
Barras maiores indicam melhor desempenho

BlackBerry Torch 9800 

738

Milestone 2

645

Nokia N8

610

Optimus GT540

570

Apple iPhone 4

538

Spice XT300

437

Xperia X8

407

Omnia Pro 652

370

Sony Ericsson Xperia X10 Mini Pro

366
http://www.youtube.com/watch?v=mxP3zog0wEI&feature=player_embedded

Fonte aqui:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…