A vida para os jogadores de PC parece estar difícil. Depois de alguns anos, várias foram as licenças criadas para PC que passaram para o lado das consolas. Este problema afeta vários géneros, desde os RPGs aos FPS.

Esta perda de identidade é muitas vezes sentida por uma jogabilidade facilitada pelo comando e por uma baixa no nível de dificuldade, e por vezes até mesmo por uma melhor qualidade gráfica.

Apesar de Crysis 2 ser um jogo espetacular a nível visual, já não é aquele portento visual que foi o primeiro jogo, e já não é o tipo de jogo que faz o jogador comprar um novo PC só para jogá-lo.

Foi precisamente neste contexto que Cevat Yerli, presidente da Crytek, se justificou dizendo que, “Era simplesmente impossível criar um jogo com o alcance e conteúdos multijogador de Crysis 2 se tivesse sido feito em exclusivo no PC. O mercado do PC apenas não é suficiente para pagar os custos de desenvolvimento. Um lançamento multiplataforma torna-se quase obrigatório para equilibrar as contas.”

Na verdade as versões PS3 e Xbox 360 geraram, cada uma delas, mais dinheiro que a versão PC de Crysis 2 que representa apenas 14% das vendas.

Fonte aqui!

Sem comentários

  1. Panda

    19 de abril de 2011 em 09:58

    Tbm, o preço de um jogo de console é o dobro do de um PC. Capaz que não seria mais rentável. E no PC é onde tem mais pirataria…eu acho.

    Resposta

    • [COBRA] KAMPAS

      19 de abril de 2011 em 14:06

      o preço do jogo no console é o dobro no brasil. os jogos eletrônicos é entendido como jogo de azar e por causa disso o imposto é mais alto.

      Não se sabe bem porque, mas os jogos de pc são entendidos como “programas de PC” assim o tributo é mais baixo. Resumindo o tributo do window 7 é o mesmo do COD para PC. E um não tem muito a ver com outro.

      Resposta

  2. [COBRA] KAMPAS

    19 de abril de 2011 em 14:09

    Kabanna,

    Isso mais me parece uma desculpa para a Crytek não fazer mais jogos para PC. Seria mais justo com a comunidade de jogadores que é por causa da pirataria, etc…

    A empresa postou em vários sites que estavam muito “chateados” com aquela versão do jogo que foi roubada dos servidores.

    Bom este é o resultado. Espero que este hacker sinta orgulho por isso.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Centauro concluicompra da Nike; CEO fala em ‘novas verticais’

O Grupo SBF — controlador da Centauro — concluiu a compra da operação da Nike no Brasil pa…