Como o iPhone, smartphones equipados com sistema do Google também fariam o registro indevido da localização de seus usuários

Igual ao iPhone, aparelhos equipados com o Android também registram de forma indevida a localização de seus usuários. A informação é do Wall Street Journal desta sexta-feira.

Segundo documentos obtidos pelo WSJ, depois de capturadas as informações são enviadas ao Google sem autorização dos usuários. Os dados seriam utilizados pela empresa na construção de serviços baseados em geolocalização – um mercado estimado em 8,3 bilhões de dólares para o ano de 2014, segundo o Gartner.

A informação foi repassada ao jornal pelo analista de segurança Samy Kamkar.

Segundo ele, um smartphone HTC equipado com Android registrou sua localização e a enviou para o Google várias vezes em uma mesma hora. O arquivo também informava o nome, a localização e a intensidade das redes Wi-Fi nas proximidades, em sistema de captura de dados similar ao realizado pelos carros do Street View.

Na última quarta-feira (20),
dois pesquisadores revelaram que o iPhone e o iPad 3G registram constantemente a localização de seus usuários num arquivo oculto dentro dos aparelhos.

Segundo eles, desde o lançamento do iOS 4.0, todos os aparelhos estão salvando as coordenadas, mesmo com o GPS desligado. Isso é possível porque o sistema usa as torres de telefonia celular para definir a latitude e a longitude do usuário e registra tudo junto com os horários, em um arquivo chamado “consolidated.db”.

As operadoras de celular sempre fizeram esse tipo registro, no entanto, é preciso uma ordem judicial para ter acesso a esses dados.

Fonte aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo relógio da Xiaomi lembra Apple e tem bateria de 12 dias

Produto também aposta nas pulseiras coloridas para atrair os jovens consumidores. A Xiaomi…