Essa semana santa irá ficar marcada para muito jogadoresdo “Battlefield: Bad Company 2”. Nas primeiras horas do sabado de aleluia inúmeras contas foram hackeadas, inclusive administradores de servidores brasileiros, e tiveram seus soldados transferidos para outra conta.

Suspeita-se ser obra de um conhecido cheater brasileiro, o F4celift. Inicialmente suspeitou-se de namehack mas pode ter sido algo muito mais simples. O cracker (ou seria lammer?) entrou em contato com o suporte da EA e solicitou para trocarem a conta de determinados nicks (entre eles da Renatta_RJ líder do clan *AdA*) e pra fazer isso a EA pediu somente a data de nascimento. Essa informação foi conseguida facilmente no fórum BFBR.

Com a conta de administradores em mãos o cracker baniu playersde inumeros servidores. O clan *AdA* possui cerca de 7 servidores de Bad Company 2, então temos um pouco da noção do estrago.

[ATUALIZAÇÃO] Enquanto a EA não resolve o problema os players que tiveram seu boneco roubado assistem impotentes os bans sendo aplicados por conta de uso de cheater. Os envolvidos nessa brincadeira de mau gosto tiveram seus ips descobertos e agora devem começar a rezar. São eles:

* Twister:

IP: 189.24.57.180
http://ip-address-lookup-v4.com/look…=189.24.57.180

Duque de Caxias – RJ

* F4celifT:

IP: 201.53.81.44
http://ip-address-lookup-v4.com/look…p=201.53.81.44

São Cristóvão , Rio de Janeiro – RJ

Facebook : http://pt-br.facebook.com/people/Raphael-Gerk/1390932607

Fonte aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Amazon patenteia método para encontrar piratas de streaming

Técnica pretende identificar a origem do conteúdo vazado por meio de dados possivelmente i…