(PS3, XBox 360)

Need For Speed Shift 2 (Foto: Divulgação)

Need for Speed, a maior e mais rentável série de jogos de corrida apresenta seu mais novo integrante: Shift 2 Unleashed. Apos 1 ano e seis meses do seu irmão mais velho ser lançado (NFS Shift foi lançado dia 15/09/2009), a EA apresenta a mistura de Corridas de Rua, recheadas de alterações nos carros, com campeonatos em circuitos. A mistura disso são mais de 100 carros licenciados, pistas reais e uma grande pitada de “corrida suja” naqueles que gostam de fazer as corridas limpas. Shift 2, diferentemente da sua primeira versão, é um jogo de corrida de simulação aonde são aplicados elementos inclusive de telemetria, ajustes de aerodinâmica, supensão e tudo o que acontece no mundo da velocidade para se chegar a vitória. Shift 2 foge completamente do seu antecessor, Need For Speed Hot Pursuit (eleito o melhor jogo de corrida no VGA 2010), aonde o dano sofrido na corrida, e o desgaste dos pneus influenciam diretamente no rendimento e resultado da corrida.

Mas cuidado, em Shift 2 até para ser “maldoso” é preciso de habilidade, isso porque um empurrão mal feito em um adversário vai provavelmente estragar toda a sua corrida também. Os famosos “cutucões” e “empurrões” neste jogo podem ser prejudiciais tanto ao intencionado quanto ao desligado, isso porque o efeito das batidas desencadeiam uma reação nem sempre esperada, muito mais agressiva e danosa do que em jogos anteriores. E isso é um ponto interessante, faz com que os jogadores mal intencionados pensem duas vezes antes de querer tirar seu adversário da pista, e todos redobrem sua atenção quando ha alguém por perto.

Algumas funções e novidades são bem interessantes, a começar pela visão do Capacete, que simula como um piloto reagiria durante uma corrida. Nesse sistema, a câmera, antecipa as curvas, olhando para onde se deve virar.

Outra novidade, herdada de Need For Speed Hot Pursuit e o Autolog, um sistema que marca o tempo e o que os amigos da sua lista fazem no jogo, como por exemplo, quebra de tempos, envio de fotos e até conquistas e troféus ganhos no jogo.

E por último a inclusão de sujeira na pista. Há em alguns trechos bastante sujeira, pequenas pedras e restos de carros quebrados que podem ser trazidos de fora para dentro da pista. E isso definitivamente prejudica o desempenho do seu carro, portanto é bom correr por onde a pista é mais limpa.

O jogo em si, consiste em vencer em eventos definidos, chegando até a FIA GT1 World Championship, o maior campeonato de Turismo do Mundo. Para isso, são 70 pistas reais e mais de 100 carros licenciados. Também estão presentes algumas provas de Drift, o qual se tornou uma febre mundial. Esses eventos são de participação limitadas pelas potências dos carros, classificados por letras (D, C, B A). Já em se tratando do piloto, ele é recompensado pelo sistema de XP. Conforme as vitórias nas corridas acontecem, você é recompensado com pontos de experiência. E para incentivar, o jogo especifica alguns desafios em cada corrida, que caso seja vencido, ganha XP bônus. E importado do NFS Shift, caso consiga fazer todas as curvas perfeitas, também recebe XP Bônus. Conforme atinge uma quantidade de XP, o piloto ganha um Level Up, e as recompensas vão de cores para pintura dos carros, adesivos, dinheiro e até mesmo carros de pilotos famosos.

Mas como correr em diversas categorias, com carros diferentes e ainda poder tuna-los? É só ter dinheiro, que é adquirido realizando os eventos. Os carros estão todos disponíveis na Opção CarLot, e podem ser separados da forma que mais agradar o jogador, seja por Potencia, Marca ou Classificação. Logo após adquirir o carro, há a possibilidade de aplicar upgrades em diversas partes, como motor, cambio, pneus, suspensão, chassi, freios e redução de peso. As partes podem ser compradas, aplicadas, e no caso de uma futura compra de uma peça mais valiosa, recebe-se o valor de volta.

E como chegar na pista com um carro invejado por todos? É só realizar pinturas, colocar adesivos e tunar seu carro de acordo com seu gosto. Porém ai vai um ponto negativo do jogo, além de ser pouco amigável as opções não são tantas como as vistas em outros jogos da série. A própria escolha da cor do veículo não é fácil, já que você não encontra uma paleta de cores disponíveis, a alteração é feita arrastando barras que mixam tons e intensidade. Se você quer por exemplo seu carro na cor verde, vai ter que alterar e misturar as três barras de variações até achar a cor verde, e ai sim acertar a tonalidade que mais lhe agrada. Infelizmente o sistema de tunning de Shift 2 vai desestimular os menos pacientes, que vão comprar o carro e jogar sem mudar o visual do veículo.

Need For Speed Shift 2 (Foto: Divulgação)

MODO ONLINE
Sim, a EA continua com o famoso Online Pass (código que vem com o jogo original) que deve ser digitado dentro do jogo para que possa entrar nas salas de jogo online.

Apos esse pequeno empecilho, os Lobbys online são bem simples e de fácil acesso. Pode-se escolher entre uma partida rankeada, e uma privada com os amigos. Todas as pistas podem ser selecionadas. Quanto as carros, a seleção pode ser travada a limitação de classe, ou então livre, correndo com classes diversas na mesma corrida. No modo online, o XP dito acima também conta, facilitando o avanço no jogo offline.

A EA e o Team NFS também promovem eventos e campeonatos específicos para corredores online, chegando até a premiações de veiculos reais, icentivando cada vez mais a brincadeira.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Comparado com Shift, Shift 2 Unleashed tem uma melhora significativa na jogabilidade, fazendo com que aquela impressão de o carro “sair de traseira”e derrapar muito sumiu. Um grande destaque é a trilha sonora, o que é comum em jogos com a assinatura da EA, contanto com grande artistas como 30 Seconds to Mars, Rise Against, Stone Temple Pilots, entre outros. Ainda na parte de sons, o ronco dos motores foram coletados de carros reais, assim como o derrapar dos pneus no asfalto. O som das batidas no Guard-rail e em outros carros está perfeita, como se o acidente realmente aconteceu do seu lado, ou com você!

A parte gráfica, para quem está esperando algo no nível de Need For Speed Hot Pursuit, é bom perder as esperanças. Claro que está sensivelmente melhor que Shift, mas nada comparado ao ultimo jogo. São muitos detalhes, principalmente os danos e sujeira nos carros que chamam a atenção nessa versão, com grande destaque para as corridas noturnas em que a iluminação das pistas está bem bacana e dificulta a pilotagem.

Para amantes da série, é um jogo fundamental, voltado mais para a simulação e mesclando bastante com o modo arcade, podendo ser a grande surpresa e levar para Need For Speed, mais uma vez, o titulo de melhor jogo de corrida deste ano.

Pontos Positivos

– Vários veículos e pistas reais

– Ótima jogabilidade

– Modo online bem customizável e lobby com várias informações

– Sistema Autolog

Pontos Negativos

– Tunning dos carros pouco amigável

– Gráficos abaixo do esperado

Nota: 9,0

 

TRAILLER

 

GAMEPLAY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Franquia Call of Duty bate recorde e alcança US$ 3 bilhões em vendas no ano

Com lineup formado por COD Mobile, Warzone e Black Ops Cold War garantiu mais de 200 milhõ…