Se mais de 80% das linhas de celulares brasileiras são pré-pagas e a demanda é cada vez maior para redes sociais e navegação básica, que consome pouco, nada mais natural assistirmos uma guerra pelo mundo do pré-pago conectado. Depois da TIM e de sua internet de 50 centavos por dia, a Vivo anunciou o plano Internet Brasil Pré, que custa R$9,90 por mês — ou 33 centavos por dia — com limite de 20MB diários.

Diferente da TIM, que permite a escolha de dias que a internet será usada, a Vivo preferiu criar um plano de menos de dez reais ao usuário. O limite de navegação diária, de 20MB em velocidade de 1Mbps, é o dobro do oferecido pela TIM — após extrapolar o valor, a conexão da Vivo cairá para 32 kbps que, segundo a empresa, é o necessário para checar e-mails e conferir redes sociais (só esqueceram de colocar “com muita paciência” após o “necessário”).

O pacote é mais um sinal de que as operadoras começam a enxergar a enorme demanda de usuários com smartphones ou celulares comuns que não aderem à planos pós-pagos. A guerra entre as operadoras é boa para o consumidor — desde que as redes estejam prontas para a enxurrada de novos usuários. Se você não sabe ao certo quanto gasta por dia de internet no celular e não quer sair gastando preciosos 10 reais de créditos assim, é possível solicitar uma degustação do serviço via SMS, enviando a palavra “GRÁTIS” para o número 1515. Se te agradar, é só enviar “INTERNET” para o mesmo número e começar a navegar — mas tome cuidado com os malditos 20MB.

Fonte:

 

Sem comentários

  1. Porco_AranhA

    21 de março de 2011 em 22:46

    20mb diarios, dra fazer poha nennhuma muito bem até
    mas pelo preço eu até convenço meu pai a fazer um plano desses pra mim

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Entenda como o Google pode virar uma dor de cabeça para o WhatsApp

Desde 2017, o Google tem trabalhado junto com operadoras para implementar o RCS (Rich Comm…