As coisas nunca são exatamente como parecem ser, principalmente quando a “coisa” é uma briga entre adolescentes na escola. Qualquer diretor de colégio sabe muito bem que, geralmente, a culpa é sempre de ambas as partes (como em qualquer briga, na verdade). Mas o que fazer quando a briguinha da escola assume proporções mundiais, virais e sensacionalistas?

É o caso do vídeo do Zangief Kid, que mostra o garoto de 16 anos Casey Heynes, vítima de bullying, perdendo as estribeiras e revidando os ataques de um de seus desafetos, Richard Gale, de 12 anos. Após estourar como um dos vídeos mais assistidos na web na última semana, Casey ganhou apoio quase unânime de toda a internet, como um garoto corajoso que se defendeu contra os bullies do mal em alto estilo, emulando um pilão de Zangief em Street Fighter. Caseu ganhou até mesmo uma entrevista de 15 minutos na televisão, e é nessa entrevista que surgem novas informações nesse caso intrigante.

Segundo Richard Gale, o garoto que levou a pior, o vídeo não mostra tudo. O garoto ganhou o direito de resposta no programa da televisão australiana Today Tonight, e disse que apenas agrediu Casey porque estava sendo ofendido pelo rapaz. Gale diz também que não está arrependido por ter agredido Casey, e que estava muito nervoso com o jovem não por ele ter começado com as ofensas, mas por ele se fazer de vítima. Gale está, obviamente, sob muita pressão, enquanto milhões de pessoas apóiam Casey, mesmo sem saber o que de fato aconteceu.

No fim das contas, apesar da prática de bullying ser condenável, vemos que são apenas duas crianças na sala da diretoria apontando o dedo uma para a outra e falando: “ele começou!”. Alguma surpresa aqui? A diferença é que, no lugar da diretora, nós temos câmeras e milhões de pessoas dispostas a julgar a vida dos outros com base em um vídeo de 1 minuto de duração. Alguma surpresa aqui também?

Por mais que a reação de Casey tenha rendido comparações engraçadas com jogos de luta, resta apenas esperar que a internet, como um cachorro que a cada hora sai latindo atrás de um carro, encontre outra coisa para se distrair e se esqueça dos garotos. Talvez assim eles não saiam ainda mais traumatizados dessa história toda.

The Escapist

Sem comentários

  1. Kampas

    24 de março de 2011 em 19:19

    chupa magrelo!!!

    ele que bateu primeiro!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

TV 8K da Sony ‘ideal para PS5’ chega ao Brasil com 75″ e preço de carro

Modelo já está disponível para comprar no site oficial da marca A Sony começa a vender a n…