Se você adora discutir preço, vamos lá: US$ 699 é o sugerido para o mercado americano, ainda sem previsão da “realidade Brasil”, em reais. Agora, vamos à tecnologia.

Trata-se da GeForce GTX 590, anunciada pela Nvidia como a placa de vídeo “mais rápida e silenciosa do mundo” – até que surja uma outra, não sabemos quando. São 1024 núcleos de processamento CUDA, 3GB de memória DDR5 e capacidade de resoluções de 2560×1600 ou mais. A placa tem dois processadores gráficos (GPU), quatro saídas de vídeo e pode suportar três monitores 3D ao mesmo tempo. É o tipo de brinquedo que você vai precisar para experimentos como o de Assassin’s Creed: Brotherhood.

No vídeo a seguir, em inglês, um técnico da Nvidia explica as novidades na arquitetura da placa e faz breve demonstrações em Crysis 2 e Homefront – com uma certa sede de vingança e 400 mil tiros por segundo, vejam só, um absurdo.


Segundo as explicações, o uso de apenas um “cooler”, localizado no centro da placa, é o que permite um fluxo melhor do ar no resfriamento e a consequente redução nos ruídos. A Nvidia explica que o nível médio de “barulho” da GTX 590 é de 48 decibéis. “Para o ouvido humano isso é completamente imperceptível”, diz Richard Cameron, diretor da marca no Brasil, notando que a placa é duas vezes mais silenciosa que o padrão. Modelos anteriores já tinham essa disposição do cooler central, mas outros tubos de refrigeração acabavam atrapalhando o fluxo de ar, de acordo com as informações do vídeo.

A explicação para a velocidade de processamento, por outro lado, é mais complexa e também deve envolver alguns segredos, mas não deixa de ter números altos. São 6 bilhões de transistores e mais de 2.200 componentes individuais, se você quiser impressionar sua família. A placa também deve administrar muito bem os recursos do DirectX 11, que é a versão necessária para rodar Dragon Age II com um visual bacana, por exemplo.

Fatalmente, é um preço alto, mas nunca foi barato manter um PC no topo de linha das configurações mais avançadas, certo? Por aqui, desisti já há algum tempo de esforços brutais no desktop e fui em busca de um versátil notebook. Ele está longe de ser um “muscle car” portátil, mas tem dado conta sem problemas de jogos como Bulletstorm, Test Drive Unlimited 2 e Fallout: New Vegas. O próximo e definitivo teste será com Crysis 2, e então veremos quem vai se dar melhor.

No Brasil, a GTX 590 vai estar disponível por diferentes fabricantes: ASUS, ECS, EVGA, MSI, Point of View, Zogis e Zotac, em modelos que podem ser vistos na galeria a seguir.

fonte Kotaku, GAME VICIO

Sem comentários

  1. [COBRA] KAMPAS

    1 de julho de 2011 em 20:04

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

PCs gamers são banidos de cinco estados dos EUA por consumir muita energia

Os PCs gamers da empresa da empresa Alienware, uma subsidiária da Dell focada em computado…