Presidente do Avalanche Studios responde.

A pirataria é um problema que tem atormentado a indústria dos videojogos nos últimos anos. Será que existe realmente uma maneira de por fim ao problema?

Christofer Sundberg, o presidente do Avalanche Studios, responsável por Just Cause, responde.

“A pirataria é sempre preocupante. Nunca ajuda em nada. Nós deixamos as nossas editoras lutar contra ela, mas 50 porcento das pessoas que trabalham comigo têm um passado hacker,” disse Sundberg ao CVG.

Sundberg acredita que contratar hackers e usar as suas habilidades para o “bem” é um boa ideia.

“Na Suécia o hacking é enorme. Somos a casa do Pirate Bay. Como um estúdio, achamos que existe definitivamente muito talento na comunidade hacking,” acrescentou ele.

O DRM não é uma solução para fim à pirataria, porque segundo Sundberg “apenas pune quem pagou pelo jogo. É completamente inútil.”

A solução proposta é fazer melhores jogos exclusivos para PC (e não ports de consolas), e que sejam actualizados constantemente.

“Penso que a pirataria não seria um problema se houvessem melhores jogos para PC. Poderíamos riscar o conceito estúpido do DRM.”

Fonte:

Sem comentários

  1. **G3**

    26 de março de 2011 em 03:00

    P/ começo de conversa a principal atividade para piratear é o fato que os jogos são "os olhas da cara"…
    ai não dá mesmo camarada o resto só indo no google.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Novo iPhone pode ser lançado dia 13 de outubro, sugerem fontes.

A Apple pode estar próxima de lançar o novo iPhone 12 no dia 13 de outubro. A informação é…