Call of Duty: Black Ops é, oficialmente, o jogo que mais vendeu nos Estados Unidos da história. Apesar de dados mais detalhados das vendas não terem sido divulgados, o grupo de análise e consultoria de mercados NPD revelou em um estudo sobre o mercado de games americano que Black Ops vendeu mais de 13.7 milhões de cópias desde que foi lançado no dia 9 de novembro do ano passado.

Não é nada inesperado, levando em conta que o jogo já havia batido o recorde de vendas em suas primeiras 24 horas com 5 milhões de copias vendidas, sendo considerado o maior lançamento na história das mídias de entretenimento. “Call of Duty: Black Ops foi o jogo mais vendido em fevereiro, e vem mantendo a primeira posição entre os mais vendido desde seu lançamento, em novembro”, disse a analista da NPD Anita Frazier. “O jogo tornou-se agora o mais vendido da história dos EUA, superando o Wii Play”.

E o que podemos inferir dessas informações? Alguns dizem que essa honra é merecida. Outros diriam que a Activision deitou no sucesso e reaproveita anualmente uma fórmula segura e rentável para uma série que poderia ser tão melhor do que é. Outros diriam que, no fim das contas, isso tudo não importa: se vende tanto não pode ser assim tão ruim.

Acho que todos aqui sabem o quanto critico Black Ops por ter uma das campanhas solos mais inconsistentes, mal escritas e descaradamente preguiçosas que eu já vi em um jogo de videogame. Além disso, considero perigoso o comodismo pouco criativo em que a série se afundou. Mas essa é apenas minha opinião.

É inegável o apelo de Black Ops para quem gosta do jogos multiplayer, sobretudo multiplayer online. O jogo é verdadeiramente divertido e viciante quando jogamos entre amigos. Estaria o multiplayer definitivamente mostrando que tem mais valor (literal) do que histórias e campanhas para um jogador?

Conforme mais pessoas conhecem, se interessam e se apaixonam por games, a tendência é que esse recorde seja quebrado ainda muitas vezes. Talvez até mesmo por Modern Warfare 3, quem sabe?


Fonte:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Leia também

China proíbe menores de 18 anos de jogar videogame por mais de 3h semanais.

Jovens chineses só podem jogar aos finais de semana e feriados, entre 20h e 21h, e precisa…