Uma mãe culpa a Microsoft de ter lhe tirado mais de 1000 libras através do Xbox Online. Ao baixar aplicativos e extensões de um jogo do videogame, seu filho de 11 anos gastou a quantia e deixou a mãe perplexa.

Segundo ela, os dados de seu cartão de crédito foram disponibilizados no sistema para a compra do jogo e ficaram cadastrados. Desta forma, seu filho, ao adquirir novas extensões, acabou gastando a quantia de 1.082,52 libras esterlinas, a moeda inglesa, o que equivale a mais de R$ 2800.


Olha cara da criatura

Matthews, 37 anos, afirmou que não tem dinheiro para cobrir o valor do cartão de crédito e exige uma solução por parte da Microsoft.

“Trabalho em dois lugares para cuidar da minha família e pago contas, logo não posso gastar dinheiro com esses valores abusivos. Um milhão de libras não é nada para pessoas como Bill Gates, mas para uma mãe solteira é muito dinheiro e que eu não tenho. A operadora do cartão e a Microsoft estão culpando uma a outra e ninguém me ajuda”, disse ao jornal inglês Daily Mail.

A mãe culpa a empresa, já que, segundo ela, seu filho, de 11 anos, não pode ser penalizado já que não tinha consciência dos valores que seriam cobrados.

“Quando eu lhe mostrei os valores, ele desligou o videogame e disse que não queria mais brincar com ele”, disse.

A Microsoft argumentou que pais podem controlar os gastos de seus filhos. No entanto, a mãe disse que não aceita as desculpas e espera uma solução para o caso.

Via O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

YouTube lança plataforma de vídeos curtos para competir com TikTok

Em fase de testes, YouTube Shorts está disponível somente para usuários de Android na Índi…