Os servidores de uma empresa de serviços médicos foram infiltrados por hackers. O objectivo não era contudo o roubo de dados dos clientes, mas antes jogar «Call of Duty»O caso teve lugar nos EUA e envolveu a empresa Seacoast Radiology, que começou a alertar os seus clientes para o facto de os seus servidores terem começado a ser infiltrados desde Novembro do ano passado.

Os servidores continham os dados pessoais e o historial clínico de cerca de 230 mil clientes da empresa, mas este não era o objectivo dos hackers, refere a imprensa local.

Apesar de os responsáveis da empresa terem pensado que os dados poderiam ter sido acedidos pelos hackers, notaram que estes tinham permanecido intactos.

O objectivo dos autores da infiltração, originários de um país da Escandinávia, era utilizar o espaço e a banda larga dos servidores da empresa para jogarem em rede o videojogo «Call of Duty: Black Ops», o último título da série «Call of Duty».

FONTE:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Homem perde R$ 2,6 mi em games após mãe jogar coleção fora

Colecionador de jogos afirma ter perdido mais de US$ 500 mil em coleção de games e console…