Zumbis estão em toda parte estes dias – no cinema, na TV, e também, em jogos de vídeo game. Este ano, mais do que qualquer outro no passado, os zumbis se tornaram um tema dominante. Caso esta tendência de zumbis venha a diminuir no próximo ano, vamos ser capazes de olhar para trás e falar que eles foram uma moda de 2010.. Mas, considerando o sucesso de zumbis em games, provavelmente vamos ver mais dos mortos-vivos nos próximos anos.

Então porque é que os zumbis são tão populares? Talvez seja apenas remorso de alguém que já está morto, um soldado inimigo que poderia ter uma família. Talvez seja porque os programadores stejam disfarçando sua falta de competência, com AI estúpida sob a forma de mortos-vivos. Ou talvez ela bate em alguma verdade antiga sobre a condição humana – que tememos que abraçar a morte e os zumbis são simultaneamente a realização perfeita disto. Seja qual for o motivo, é divertido imaginar qual o motivo de toda essa febre ultimamente.

Pelas contas da IGN, pelo menos 30 jogos lançados este ano têm alguma forma de zumbi neles. Minha definição de zumbis: algo que morre e retorna como uma criatura selvagem irracional com o único propósito de matar.

Naturalmente, há uma abundância de zumbis tradicionais este ano aparecendo em lugares esperados. Um par de Left 4 Dead 2 e seus pacotes de downloads, The Sacrifice and The Passing, que é o jogo depois de tudo. E a PSN Dead Nation que é uma histora sobre uma epidemia de zumbis. A sensação PC, Minecraft, tem pouco zumbis também, onde você deve defender-se contra eles, e Puzzle Quest 2 que apesar de ter uma tema de fantasia, ficou perfeito para alguns inimigos mortos-vivos.

Mas os famosos zumbis fizeram várias aparições em lugares incomuns, algumas vezes não como sua clichê de vilões tradicionais mastigando cérebros. A maioria dos adversários no Prince of Persia: The Forgotten Sands são homens trazidos de volta à vida como zumbis de areia , Mass Effect 2 tem a Geth a ressurreição dos mortos como “cascas”, e o flagelo do Albion em Fable III são os homens ocos mortos-vivos .

O que isso significa? Um novo apocalipse para os jogadores?. Talvez se destacarmos alguns exemplos notáveis de zumbis em games pode nos ajudar a descobrir isso.

Dead Nation

O fim do mundo chegou graças a um surto de zumbis virais.

Call of Duty: Black Ops

A ameaça zumbi tem sido um problema por décadas, como prova disto, em Call of Duty Black Ops: Richard Nixon, J. F. Kennedy, Fidel Castro, e Robert McNamara são forçados lutar contra uma horda de zumbis implacáveis no Pentágono.


Red Dead Redemption: Undead Nightmare

Se 2010 nos ensinou algo, é que nenhum jogo é salvo de zumbis. Então leve o Velho Oeste de Red Dead Redemption,uma terra tranquila, lentamente está sendo domada pelo mundo recém-industrial. E então, como se estivesse em um sonho, os mortos saem de seus túmulos e começam a causar estragos.



Zumbis estão aqui para ficar. Pelo menos para os próximos anos. Os mortos-vivos não são realmente um obstáculo para um bom designer de jogos, mas há sempre a possibilidade de zumbis se tornarem um clichê cansativo. Os editores estarão ansiosos para aprovar jogos com esses bandidos putrefatos, mas isso não é desculpa para os desenvolvedores não proporcionarem uma boa e inovadora jogabilidade nestes títulos futuros.

O problema que levanta qualquer tendência, é que os jogos feitos para se obter um cash-in, nem sempre trazem boas experiências. Então só nos resta esperar que 2011 traga mais surpresas zumbis e novas ideias frescas sobre a fórmula testada e verdadeira dos mortos-vivos.

por Kamikaz.elo, fonte: Ign

http://www.gamevicio.com.br/i/noticias/64/64310-em-2010-os-zumbis-fizeram-a-festa/index.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Conheça os Jogos da Comunidade do Battlefield V, HC só em 2020

BFV: Jogos da Comunidade (servidores) lista completa com recurso atuais e o que virá em 20…