A Gamer’s Voice, associação britânica de consumidores focada nos utilizadores de videojogos, anunciou que irá apresentar uma queixa formal à defesa do consumidor do Reino Unido pela interminável lista de problemas que os utilizadores encontram nas versões PC e PlayStation 3 de Call of Duty: Black Ops.

A Gamer’s Voice decidiu tomar estas medidas depois de publicar uma carta aberta dirigida à Activision sobre estes problemas mas que pelos vistos foi ignorada pela companhia.

A Treyarch, produtora do jogo, admitiu no passado que a versão PS3 tem alguns erros mas a verdade é que estes continuam a surgir.

Para a Gamer’s Voice embora “Black Ops foi um dos lançamentos mais importantes do ano passado, se não talvez mesmo o mais importante,” e isto implicou que muitas mais pessoas o joguem, e como tal podem encontrar encontrar mais erros do que nos outros jogos, “a nossa perspectiva é que não importa quão grande o jogo seja, a verdade é que não deveria lançar-se sem que o mesmo esteja verdadeiramente terminado ou com erros que o tornam injogável. Estas são as palavras que temos lido em muitos dos mails que nos têm chegado.”

“Aparentemente todas as secções da comunidade de jogadores da PS3 e PC estão a ser usados como beta-testes do jogo durante um extenso período de tempo, enquanto que lhes pedem para que paguem por esse privilégio. Esta não é uma forma aceitável de tratar os consumidores de videojogos e é algo que não se deve tolerar.”


http://www.eurogamer.pt/articles/2011-01-24-black-ops-levado-para-defesa-do-consumidor


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Tencent está interessada em adquirir a Ubisoft, diz agência Nielsen

“A Tencent comprará a Ubisoft em 2020, a empresa já possui uma participação da edito…