Battlefield Battlefield 1 Battlefield 3 Battlefield 4 Battlefield Hardline

DLCs e microtransações já rendem dinheiro demais, e estão aqui para ficar

A mais recente rodada de relatórios financeiros das grandes produtoras de games revelou que a venda de conteúdo extra e microtransações está crescendo em ritmo acelerado, e já corresponde a uma grande parcela dos rendimentos das empresas.

A Take-Two, por exemplo, divulgou nesta terça-feira (7) a informação de que 48% de sua receita no último trimestre veio de “gastos recorrentes do consumidor” – ou seja, da compra de expansões, moedas digitais e outros tipos de microtransações em jogos como “Grand Theft Auto Online” e “NBA 2K17”.

Para a produtora, o crescimento no setor foi de 66% em relação ao mesmo período do ano passado.

A Ubisoft, por sua vez, já ganha mais dinheiro vendendo extras e microtransações do que versões digitais de seus games. Só no último trimestre, passes de temporada e outras compras adicionais renderam US$ 202,6 milhões (cerca de R$ 658 milhões) para a empresa francesa, de jogos como “Assassin’s Creed Origins” e “Rainbow Six: Siege”.

A mensagem que os números passam é clara: essa estrutura de compras adicionais e opcionais em games que já custam mais de R$ 200 cada já é valiosa demais para desaparecer.

Fonte: jogos.uol

COBRA-KABANNA

Baiano, Casado, Pai da Joana, ADM, Torcedor do Vasco, Extrovertido, Determinado, Crítico, Sistemático, flexível, Justo, louco por PC, acredito nos meus ideais de vida e não tenho telhado de vidro. Co-fundador Clan COBRA e criador desse site.

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Check Also

Battlefield 1: Data de lançamento DLC Turning Tides confirmada, teste Premium grátis, novo Teaser e muito mais

Junte-Se Às Operações Anfíbias Do Battlefield 1 Turning Tides A Partir De 11 De Dezembro, saiba mais sobre ...